Painel Cataguases 1.jpg

Azulejaria Saramenha

A certeza de que se a arte brasileira sempre se expressou de forma exuberante e criativa, nos fazia acreditar que ao desconhecimento da técnica de fabricação e  pintura em azulejos, deveria se creditar o desaparecimento entre nós da arte da azulejaria, tão importante e bela no Brasil moderno, da Pampulha, de Cataguases, do Rio de Janeiro, de Brasília, obras de mestres como Portinari, Anísio Medeiros, Djanira, Burle Marx, Athos Bulcão,  Poty, Brennand, entre outros.  

 

Assim, através de parceria com o mais importante centro português de cerâmica, o Cencal de Caldas da Rainha buscamos trazer ao Brasil professores de ponta na arte azulejar, como a professora Maria Teresa Lima e o Mestre Telmo Pereira, contando para isto com o apoio do diretor de extensão daquela instituição modelo, o professor josé Luís da Silva.

 

Dominando a técnica, a Azulejaria Saramenha está apta à confeccionar painéis de qualquer dimensão e ou figuras avulsas, cujas artes tenham sido criadas por artistas, arquitetos ou decoradores brasileiros, permitindo inclusive aos mesmos, Residência Artística para acompanhamento da execução dos trabalhos encomendados.

 

Como todo trabalho exige constante aprimoramento, a Azulejaria Saramenha mantém-se associada ao Atelier Telmo Pereira, que além de cursos que entre nós promove, confeccionou em suas oficinas de Juncal, Portugal o mais importante painel em azulejos feito no Brasil nas últimas décadas, Alegoria Elétrica, criação do artista mineiro Rafael Zavagli para a sede do Grupo Energisa em Cataguases, painel que contou desde sua concepção com nossa orientação.

                                                                            

                                                                                          Paulo Rogério Ayres Lage